Conheça um pouco mais sobre a nova Cônsul Geral Honorária da Noruega em São Paulo, Juliana G. Meyer Gottardi!

1367

Written by:

Juliana G. Meyer Gottardi é membro do Conselho da Câmara de Comércio Norueguesa Brasileira  (NBCC) e representante da Câmara em São Paulo.

Foto: Danilo Mori

 

Brasileira nascida em Toledo -PR, criada em Curitiba – PR e residente em São Paulo – SP desde 2003; Casada e mãe de 2 meninas (Ana Helena de 14 e Marina de 10 anos); é Bacharel em direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná,
PUC-PR (1999), mestre em direito empresarial e econômico pela FGV, especialista em contratos internacionais pela PUC-SP e especialista em transações imobiliárias pela FGV;

Juliana é Advogada sócia-fundadora de escritório de advocacia Pacheco Neto Sanden Teisseire (PNST – que representa diversos grupos alemães e nórdicos), com mais de 20 anos de experiência na estruturação e implementação de contratos empresarias, transações imobiliárias e assessoria em fusões e aquisições;

Diretora Jurídica da Câmara de Comércio Sueco Brasil; Ex-Conselheira da Igreja Escandinava em SP;   Presidente do Projeto Cultural Beija Flor há 4 anos, ONG patrocinada basicamente por empresas norueguesas que tem sede de captação de recursos em  na cidade de Bergen – NO

Além de tudo isso, Juliana é fã entusiasta de exposições de artes e viagens domésticas e internacionais; mais de 1 década de relação com a cultura e instituições nórdicas; 2 visitas ao Palácio Real de Estocolmo com H.M. rainha Silvia.

 

 

 

Como você recebeu a notícia?

Quando soube que eu estava sendo considerada para a posição de nova Cônsul Geral Honorária em São Paulo, ainda mais por indicação de pessoas da comunidade que admiro muito, foi um misto de sentimentos. Lembro que falei ao interlocutor do momento exatamente essa frase: “estou 100% surprised and 100% flattered” com essa conversa.

Depois disso muitos meses se passaram com diversas entrevistas, leituras de material, envio de documentação, envio de documentação complementar, mais rodadas de conversas, follow ups delicados e afins. E bico calado.

Apesar de algumas etapas terem sido demasiado longas, eis que dependiam de terceiros e/ou governos e, portanto, alheias ao nosso controle e/ou vontade, foi um tempo bom para alinhamento de expectativas para ambos os lados. E reorganização de prioridades e afazeres de meu lado.

Por fim, quando chegou a Declaração do Itamaraty confirmando minha nomeação que havia sido solicitada pelo governo na Noruega, o “exequatur” como diz a diplomacia, foi um momento muito contente!

 

E quais são as suas expectativas?

Todas! De pequenas a grandes, de curtas à longo prazo. Estou animada com tantas oportunidades e trocas ricas que são possíveis. É
verdadeiramente um privilégio conviver, aprender, crescer com empresas norueguesas e noruegueses. Sinto como se fosse um “MBA permanente sobre uma sociedade evoluída, séria, eficiente, que gera oportunidades, que vive verdadeiramente os valores que apregoa”.

E sendo mais objetiva, algumas das minhas expectativas, ou melhor, projetos, são:

  • Aprender muito sobre o caminho rumo a uma sociedade evoluída;
  • Fortalecer o estado de São Paulo no radar da Noruega;
  • Apoiar o incremento da atuação da Innovation Norway e da NBCC noestado de São Paulo;
  • Fomentar a vinda de empresas norueguesa que não precisemnecessariamente estarem no Rio de Janeiro para o estado de São Paulo;
  • Identificar e estimular exportações de produtos e serviços brasileiros praNoruega, considerando especialmente nossa “bossa” e as vantagenscambiais;
  • Promover ações de trocas culturais bilaterais;
  • Estimular ações para capacitação professional nos projetos sociais ligadosdiretos ou indiretamente à Noruega;
  • Conectar pessoas e empresas sérias a fim de que todos se desenvolvam.

Acredito que as próximas décadas serão muito profícuas para as relações Brasil Noruega, especialmente por projetos ligados à energia renovável e tantos espaços de desenvolvimento que isso gera.

E energia não me falta para tocar o Consulado em SP!

: